ANÁLISE AGROLINK

Soja recupera preço em Chicago

Não houve novidades nos fundamentos para indicar mudança de viés
Por: -Leonardo Gottems
95 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou nesta quarta-feira (22.11) alta de 8,25 centavos de Dólar no contrato de Janeiro/18 (o mais negociado no momento), fechando em US$ 9,9725 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 8,25 e 8,50 pontos.

O mercado norte-americano da soja viveu um dia de recuperação de preços nas principais cotações dos futuros, dando fim ao marasmo nos negócios dessa semana. O movimento, porém, parece ser apenas uma recomposição de compras por parte dos investidores antes do feriado de “Ação de Graças” de hoje.

“A CBOT continua sem grande ânimo especulativo nestes últimos dias. A falta de notícias que atraiam os operadores do Mercado e a véspera de um feriado nacionalmente comemorado, tem sido o tema dos bastidores aqui em Chicago”, aponta a Consultoria AgResource.

De acordo com as pesquisas de campo, os analistas da ARC ressaltam que, no Brasil, o plantio da soja avança para 79,1% até o fim desta semana: “O avanço reflete 10,4 pontos percentuais em uma semana, no entanto continua abaixo da média dos últimos 5 anos de 80,2%. Em 2016, o plantio atingia 81,8% nesta mesma época do ano. Apesar do começo atrasado na grande maioria da área sojicultora do Brasil, o ritmo de plantio semanal tem acelerado e se mostra mais rápido que o último ano. O avanço nos últimos 7 dias foi mais rápido em 1%, quando comparado a 2016. Esta aceleração é 2,5% mais rápida que a média dos últimos 5 anos”.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink