ANÁLISE AGROLINK

Soja resiste à pressão e fecha no positivo nos EUA

Informações de que as margens de esmagamento estão menores
Por: -Leonardo Gottems
244 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na terça-feira (15.05) uma alta de 1,00 centavo de Dólar no contrato de Julho/18, fechando em US$ 10,1875 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 1,00 e 2,00 pontos.

O mercado norte-americano da soja registrou leves ganhos nos principais contratos futuros, mesmo estando sob pressão durante a maior parte da sessão. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, as cotações de soja e farelo voltaram a cair diante das informações de que as margens de esmagamento estão menores: “Detectamos que as cotações do farelo na Bolsa de Dalian, na China, caíram pelo segundo dia consecutivo, o que pode significar uma redução na demanda pelo grão a curto prazo”. 

De acordo com a Consultoria AgResource, o mercado tem sido direcionado por dois importantes fa­tores: negociação comercial entre EUA e China; e o progresso de plantio e germinação no Cinturão Agrícola americano. “O otimismo gerado pelo novo encontro de delegações para tratar do embate comer­cial em Washington, coloca a especulação na espera de uma melhora para o cenário de exportações estadunidenses da soja”, comentam os analistas. 

“Por outro lado, o ritmo de plantio da oleaginosa atinge níveis recordes com um palco climático quase ideal para o desenvolvimento dos trabalhos no campo. Até este último fim de semana, o USDA estimou que 35% da área de soja já foi semeada, contra 29% no mesmo período em 2017 e 26% da média dos últimos 5 anos. Apesar de alguns problemas pontuais com excessos de chuvas no norte do Cinturão Agrícola, a grande maioria da região sojicultora norte-americana segue com um ótimo cenário climático. Os prêmios de exportação no Brasil são pressionados com a melhor perspectiva da comercialização da soja EUA”, conclui a ARC. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink