Soja segue à deriva no Brasil

MERCADO FÍSICO

Soja segue à deriva no Brasil

Os preços do farelo estão baixos para as indústrias esmagadoras, mas altos para as indústrias de ração
Por: -Leonardo Gottems
484 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea, os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a sexta-feira (11.01) com preços da soja subindo 0,03% no preço dos portos, a R$ 76,01. No mês, o preço de exportação recuou 5,19% nas duas primeiras semanas de janeiro de 2019. No mercado interno, porém, a cotação recuou 0,13% nesta sexta-feira, segundo a pesquisa diária do Cepea, trazendo o preço no interior para R$ 70,96/saca e aumentando as perdas de janeiro para 4,24%. 

“As razões são de que os preços do farelo estão baixos para as indústrias esmagadoras, mas altos para as indústrias de ração, que tem alternativas mais em conta e os preços do óleo de soja destinados ao biodiesel estão caindo, junto com os preços dos combustíveis nas bombas”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica Luiz Fernando Pacheco.

Dos fatores que compõe o preço da oleaginosa no Brasil, Chicago fechou em alta de 0,38%, o dólar fechou em leve alta de 0,15%. Por outro lado, diz o especialista, não há definição efetiva da disputa Estados Unidos e China: “Os chineses ‘fazem que fazem mas acabam não fondo’, como dizia mestre Claudiomiro, irritando os americanos e decepcionando os mercados. Com isto Chicago não avança”.

“No Brasil o prêmio de março caiu 3 cents/bushel nesta sexta (embora o de maio tenha permanecido inalterado), o que mostra falta de demanda, pelo menos no dia. Os prêmios de farelo e do óleo de soja para exportação estão mais favoráveis no Brasil do que na Argentina, que é o maior exportador mundial de farelo”, conclui Pacheco.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink