Soja segue em queda livre nos EUA

ANÁLISE AGROLINK

Soja segue em queda livre nos EUA

Impulsionada pela retomada dos fundos de gestão ativa na adição de contratos vendidos na CBOT
Por: -Leonardo Gottems
236 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (17.04) baixa de 9,00 pontos no contrato de Maio/19, fechando em US$ 8,79 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 8,75 a 9,25 pontos.

Os principais contratos futuros seguem caindo no mercado norte-americano, pressionado por vendas menores de exportação. “Nesta quinta-feira o relatório do USDA com as vendas de exportação fechadas até para a semana de 11/4 está sendo esperado pelo mercado dentro da faixa de 350.000-800.000 MT para a safra velha, com a nova safra em 0-60000 MT. As vendas de exportação de farelo de soja são esperadas na faixa de 125.000-325.000, com óleo de soja em 8.000-30.000 MT”, aponta o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica.

A Consultoria AgResource aponta que o mercado da soja e milho hoje seguiu em baixa agressiva, impulsionada pela retomada dos fundos de gestão ativa na adição de contratos vendidos na CBOT: “As cotações são lideradas pelo sentimento de que o conflito comercial entre EUA e China deverá perdurar por mais tempo do que a especulação previa. Além do mais, uma safra robusta de grãos na América do Sul e a expansão da competitividade do Brasil e Argentina nas exportações mundiais, dificultam a permanência de cotações em alta”. 

“No Brasil, a ineficiência do lobby político de Bolsonaro tem colocado várias ‘pedras no caminho’ da aprovação da Reforma da Previdência. A oposição ao Governo dificulta a entrada da proposta no Congresso para ser votada, além de que a própria bancada de apoio ainda não trouxe agressividade às negociações. O câmbio reage, e continuará reagindo, na desvalorização, de acordo com que esta Reforma perde força política”, concluem os analistas da AgResource.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink