Soja segue patinando no Brasil

MERCADO FÍSICO

Soja segue patinando no Brasil

Tabela do frete travada e sem diferença positiva sazonal: preço não anima os produtores
Por: -Leonardo Gottems
379 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea, os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quinta-feira (10.01) com preços da soja caindo 0,95% nos portos, puxando a cotação para R$ 75,99/saca e aumentando as perdas de janeiro para 5,21%. O mesmo levantamento registrou queda de 1,22% nos preços do interior do país, que caíram para R$ 71,05/saca, aumentando as perdas de janeiro para 4,12%.

“No mercado interno, os baixos preços do farelo e do óleo, que não remuneram satisfatoriamente as indústrias esmagadoras, as impedem de apresentar aos agricultores preços melhores. Com isto, os mercados ficam praticamente paralisados”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica Luiz Fernando Pacheco.

De acordo com o especialista, o mercado está “calmo, somente com especulações dos vendedores”. “Os produtores continuam pedindo preços melhores para soja precoce que vai ser colhida em fevereiro. Geralmente nessa época do ano o preço tinha uma diferenciação positiva nos preços, as empresas conseguiam melhorar o frete e pagar um preço melhor do produtor, porém, nesse ano, com a tabela do frete travada e não tendo essa diferença sazonal o preço não anima os produtores, trancando o mercado. Este fator veio se somar à forte queda de 1,86% nas cotações de Chicago, que superaram a alta de 0,58% do dólar nesta quinta-feira”, diz Pacheco.

A T&F destaca ainda o 4º Levantamento da Safra Brasileira de Grãos, divulgado pela Conab, que registrou queda de 1,27 milhão de toneladas na produção de soja brasileira da safra 2018/19, fixando-a em 118,8 milhões de toneladas. Esta estimativa está praticamente 2,0 milhões de toneladas acima da média das estimativas dos analistas particulares divulgadas durante a semana (FCStone 116,26MT e AgRural 116,9MT) e cerca de 8,0MT acima da estimativa da Aprosoja, representante dos agricultores, que estimou 110,0MT.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink