Soja segue subindo no Brasil

MERCADO FÍSICO

Soja segue subindo no Brasil

Na gangorra que é a disputa comercial dos EUA com a China, a coisa azedou
Por: -Leonardo Gottems
499 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea, os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a terça-feira (22.01) com preços da soja subindo 1,08% nos portos, aumentando para R$ 77,04 e reduzindo as perdas de janeiro para 3,90%. Ao mesmo tempo, no interior os preços cresceram menos, cerca de 0,57% para R$ 72,07/saca, reduzindo as perdas de janeiro para 2,74.

“Com o dólar subindo 1,25% e Chicago caindo 0,82%, o resultado foi positivo para os preços. Na gangorra que é a disputa comercial dos EUA com a China, a coisa azedou. Esta foi a principal razão pela queda em Chicago, que foi suplantada pela alta do Dólar”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica Luiz Fernando Pacheco.

De acordo com ele, no mercado interno, a demanda por farelo de soja praticamente está parada: “E, para piorar as coisas, a Arábia Saudita decidiu cancelar a autorização para a importação de frangos de cinco frigoríficos brasileiros. Segundo informação da Associação Catarinense de Avicultura (Acav), são indústrias que exportam frango griller, uma ave de pequeno porte, com menos de um quilo”. 

“Duas plantas fabris de Santa Catarina estão entre as que foram barradas. A Acav confirmou que uma delas fica em Itaiópolis, e pertence à JBS. Ainda não há confirmação sobre a segunda indústria. As indústrias de carnes de SC são grandes compradoras de farelo de soja do RS e do PR, pois tem somente duas fábricas esmagadoras de soja no estado, que não conseguem atender à grande demanda”, conclui o analista da T&F.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink