Soja volta a cair nos EUA sem acordo com China

ANÁLISE AGROLINK

Soja volta a cair nos EUA sem acordo com China

Aprofundamento da guerra comercial pressiona as cotações
Por: -Leonardo Gottems
74 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na terça-feira (09.10) perdas de 6,75 pontos no contrato de Novembro/18, fechando em US$ 8,63 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 5,25 e 6,75 pontos.

Após a estabilidade do início da semana, o mercado norte-americano da soja voltou a registrar perdas nos principais contratos futuros. O analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Fernando Pacheco, aponta que o aprofundamento da crise com a China pressiona as cotações em Chicago. Na sessão de ontem, a Casa Branca reiterou que a China não estava pronta para sentar e resolver as disputas comerciais em curso.

A Consultoria AgResource destaca que o volume de operações em Chicago tem retraído frente ao novo relatório de Oferta e Demanda do USDA, que será publicado nesta quinta-feira: “As preocupações com as chuvas excessivas na colheita destas últimas 3 semanas deverão ser confirmadas, ou não, nas novas estimativas do Departamento”. 

A ARC já alerta que, apesar de atrasos, não deveremos observar perdas significantes para a produção da soja, em nível nacional: “O milho já entra em uma situação mais delicada, onde problemas de excesso hídrico acentua os danos por doenças de final de ciclo. Gestores de fundos agora veem o Mercado de Ações norte-americano em retração com a elevação das taxas de juros consecutiva. A especulação vê as commodities como uma das principais opções de compra para evitar a entrada nas Ações - as baixas não serão duradouras”. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink