ANÁLISE AGROLINK

Soja volta a subir em Chicago

Mercado trouxe um volume de operações medi­ano, para achar equilíbrio
Por: -Leonardo Gottems
817 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na terça-feira (17.04) uma alta de 4,00 centavos de Dólar no contrato de Maio/18, fechando em US$ 10,46 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 4,00 e 5,25 pontos.

Após duas sessões de baixas, o mercado norte-americano da soja voltou a registrar ganhos nos principais contratos futuros. A T&F Consultoria Agroeconômica ressalta que mais uma vez a forte resistência a $1050 funcionou, embora as cotações tenham subido “As cotações do farelo de soja também fecharam em alta de 0,87%, ou $3,3/ton curta a $ 381,1,8/tc. As cotações do óleo de soja também fecharam em alta de 0,03% a $ 31,19/libra-peso”. 

De acordo com a Consultoria AgResource, o mercado trouxe um volume de operações medi­ano, em uma tentativa de achar o equilíbrio entre as atuais condições climáticas para os Estados Unidos e a retórica comercial dos Estados Unidos e a China: “Os importadores chineses evitam no­vas compras expressivas da soja de origem estadunidense, continuan­do a adição de contratos de exportação para a oleaginosa brasileira e, até mesmo, alguns cargueiros provenientes do Canadá”. 

“No estado de Illinois, nos EUA, a primeira quinzena de abril deste ano foi recorda­da como a segunda mais fria da história, só ficando atrás de 1881. O cenário semelhante ao inverno perdura sobre as principais regiões soji­cultoras norte-americanas. Temperaturas gélidas, tempestades de neve e solos secos consistem sobre o Cinturão Agrícola e a região do Del­ta norte-americano. Ainda é prematuro afirmar qualquer perda de sa­fra, entretanto o plantio já se encontra atrasado. A permanência deste padrão climático para maio será extremamente prejudicial ao país”, concluem os analistas. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink