ANÁLISE AGROLINK

Soja volta a subir nos EUA

Recuperação após a correção técnica de tomada de lucros
Por: -Leonardo Gottems
165 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quinta-feira (05.04) uma alta de 16,00 centavos de Dólar no contrato de Maio/18, fechando em US$ 10,3125 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 14,25 e 16,00 pontos.

O mercado norte-americano da soja reverteu parte das fortes perdas do dia anterior e voltou a ter ganhos nos principais contratos futuros. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica que houve uma recuperação após a correção técnica de tomada de lucros do dia anterior, além do suporte vindo de um volume maior do que o esperado nas exportações semanais do grão. 

De acordo com a AgResource, o movimento foi direcionado por um cenário mac­roeconômico mais favorável, com contínuas preocupações climáticas tanto nos hemisférios Norte como Sul. “Nos Estados Unidos, o cenário meteorológico não permite a entrada do plantio adian­tada, como em 2017. A falta de umidade em alguns locais e o excesso de neve em outros – o que é incomum nesta época do ano – tem dificultado a entrada dos implementos semeadores nos campos estadunidenses”. 

“Além do mais, o lado especulativo do Mercado entendeu que as tarifas propostas por ambas as partes, China e Estados Unidos, não serão implementadas no curto-prazo, antes mesmo de qualquer tentativa de negociação comercial entre os países. Já no Brasil, a colheita da soja segue para os passos finais, pelo menos na maioria do país. Até a atual semana, é estimado que 76,8% já tenha sido colhido, com um progresso semanas de modestos 4%. Em 2017 o ritmo semanal atingia 85,3%, no mesmo período, e 81,1% na média dos últimos 5 anos”, concluem os analistas. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink