Sojas especiais dão segurança ao agricultor
CI
Agronegócio

Sojas especiais dão segurança ao agricultor

Para fugir da instabilidade das commodities, empresa se especializou no desenvolvimento de variedades de nicho
Por:

Empresa instalada em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, vem se especializando no cultivo de variedades de soja praticamente imunes ao sobe-e-desce dos preços internacionais da commodity. Há soja específica para fabricação de tofu e natô (iguarias típicas japonesas) e até uma comercial, porém com altíssimo teor de proteína (48%), além de soja verde, doce e a preta, rica em antocianinas, um antioxidante similar ao encontrado no vinho, como explica o diretor-presidente da Naturalle, Flávio Inoue. Cerca de 80% das 12 mil toneladas colhidas no ano passado nos 6 mil hectares por 30 produtores-parceiros vão para o Japão. O restante vai para Alemanha, Itália, Espanha e Finlândia.

Para garantir a demanda, o cultivo é feito em parceria com produtores de várias partes do País, mas localizados principalmente no Triângulo Mineiro. A Naturalle desenvolve a variedade e os parceiros multiplicam a semente e produzem os grãos para consumo. Para garantir a qualidade e a fidelidade, há um rastreamento total da soja e a empresa paga bônus de até 17% sobre o preço da soja comercial, algo possível, segundo Inoue, porque a empresa atua em todo o ciclo.

O diretor de Operações da empresa, Edwar Sugahara, diz que vai contratar nesta safra, mais 6 mil hectares na região que vai de Castro no Paraná até Rio Verde em Goiás. A meta é agregar mais 15 mil hectares em cinco anos.

A Fazenda Lagoa Bonita, localizada no município paulista de Itaberá, é parceira da Naturalle desde a safra 2003/2004, conforme relata a agrônoma Andrea Fellet. Nesta safra, dos 1.600 hectares ocupados com milho e sementes de soja, trigo, triticale e feijão, 200 hectares vão produzir 300 toneladas de duas variedades de sementes de soja da Naturalle.

Para ingressar no cultivo de sementes de sojas especiais, a Lagoa Bonita teve de redobrar os cuidados, segundo Andrea. "A limpeza de todas as máquinas e implementos envolvidos é fundamental para evitar a contaminação com outros cultivares", diz a agrônoma.

Tantos cuidados, porém, valem a pena. A Lagoa Bonita obtém, por quilo de semente de soja especial, um porcentual 30% maior em relação ao preço pago pela semente de soja comercial.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink