Sojicultor exige direito de escolha


Agronegócio

Sojicultor exige direito de escolha

Por:
2 acessos

Carta do Fórum Nacional da Soja reivindica lei que permita a opção pelo plantio de transgênico ou não.

No encerramento do 14º Fórum Nacional da Soja, foi redigido um documento cobrando a imediata liberação da comercialização e plantio de produtos transgênicos. A carta ressalta a necessidade urgente de uma lei adequada aos tempos atuais que ofereça condições de o produtor escolher o tipo de soja que deseja plantar, bem como o consumidor tenha a possibilidade de escolha em relação ao produto que pretende consumir. Além disso, explica que até o momento, de acordo com as informações existentes, inclusive na Organização Mundial da Saúde (OMS), que nada foi possível descobrir que pudesse desabonar os produtos geneticamente modificados de modo geral e a soja transgênica em particular.

O relato informa ainda que o mercado mundial tem interesse em comprar todos os tipos de produto que o país tem capacidade de produzir. O documento considera um grande erro estratégico a proibição dos transgênicos, o que não pode ser aceito. Além disso, afirma que a questão de insistir produção apenas de soja não-transgênica é entregar a maior parte do mercado mundial da soja aos concorrentes do Brasil, acrescentando, que se o país não tiver liberado o plantio de soja geneticamente modificada, irá perder duas vezes. 'Na parcela significativa do mercado europeu que deve aceitar os produtos transgênicos, nossa soja enfrentará a concorrência dos Estados Unidos e da Argentina, hoje bem mais avançados do que nós nesta área, provando que os custos de produção desta soja são mais baixos do que os da soja convencional', alerta o texto.

Um ato público em defesa da comercialização da safra gaúcha de soja será promovido por Fetag e Fecoagro nesta quinta-feira, a partir das 10h, na praça central de Não-Me-Toque. A entidade estima a participação de milhares de pessoas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink