Sojicultores são premiados por alta produtividade na última safra
CI
Imagem: Marcel Oliveira
TOP SOJA

Sojicultores são premiados por alta produtividade na última safra

1.469 inscrições foram recebidas na safra 2019/20
Por:

Na safra 2020/21, o Brasil deve manter o título de maior produtor de soja do mundo, com a estimativa de 135 milhões de toneladas. Na safra passada, foram mais de 133 milhões de toneladas de soja produzidas no país de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). 

Como reconhecimento aos agricultores que contribuem para que o Brasil seja líder em produção, a BASF criou o Concurso Top Soja na safra 2014/15. O objetivo é incentivar os agricultores a adotarem práticas inovadoras e sustentáveis para o alcance de altas produtividades.

“O agricultor possui a paixão pela terra e é nosso papel reconhecer todos os esforços safra após safra. Com o concurso Top Soja da BASF, além de incentivarmos que é possível aumentar a produtividade sendo sustentável, valorizamos os resultados alcançados para que eles se tornem um legado que perdurará por muito tempo nas propriedades, nas famílias e em toda agricultura brasileira”, destaca Alexandre Alves, consultor de Marketing Soja da Divisão de Soluções para Agricultura da BASF.

Para se inscrever

Qualquer sojicultor cliente BASF pode se inscrever no concurso Top Soja. Quem tiver interesse deve procurar o representante de vendas BASF de sua região. A participação é auditada com base nos resultados do Desafio de Máxima Produtividade do Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB). O número de inscritos no concurso Top Soja tem aumentado ano após ano. Na última safra, foram contabilizados 1.469 agricultores inscritos, o que representa aumento de 60% em relação ao concurso anterior.

Metodologia da premiação

A avaliação do concurso é feita em 29 regionais e consagra agricultor e consultor em cada uma delas. Para ganhar, é preciso que ambos tenham alcançado a maior produtividade em sua região.

O Top Soja registra média de produtividade de 85,4 sacas por hectare. Isso equivale a 36% a mais do que a média nacional, que é de 54,6 sacas por hectare segundo a Conab.

Interessados em participar do concurso para safra 2020/21 poderão se inscrever até o dia 31 de janeiro de 2021. Estar ao lado dos clientes faz parte dos pilares da BASF para continuar contribuindo com o legado de sucesso dos sojicultores brasileiros.

“Nosso objetivo, dentro da BASF, é continuar sendo referência como empresa parceira dos agricultores, com foco no legado da família, agricultura e longevidade do cultivo. A criação de um concurso interno valoriza ainda mais aqueles que trabalham para que o Brasil continue sendo um dos principais produtores e exportadores de alimentos, fibras e energia do mundo”, finaliza o diretor de Marketing da Divisão de Soluções para Agricultura da BASF, Eduardo Novaes.

Confira aqui e confira os campeões Top Soja, com depoimentos dos agricultores e mais informações sobre o concurso de produtividade.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink