Agronegócio

Sorriso (MT) produzirá biodiesel a partir de fevereiro

A nova indústria terá capacidade de produção de 80 mil litros por dia
Por: -Tania Rauber
14 acessos

Mais um grande investimento começa a operar em fevereiro em Sorriso (MT). Uma usina de biodiesel está concluída e já passou pela fase de testes para verificar a qualidade do produto e obter a certificação. O empresário Cláudio Zancanaro destacou que o funcionamento só depende de uma inspeção da Agência Nacional de Transportes (ANT).

"Todas as exigências já foram cumpridas e precisamos da liberação da ANT", explicou. Inicialmente o biodiesel seria produzido somente de óleo de soja, porém, segundo Zancanaro, a alta nos preços fez com que a fábrica buscasse diversificar a matéria-prima. “Também vamos utilizar óleo de algodão e também sebo bovino”, enfatizou. Outros produtos podem ser utilizados na fabricação, como girassol, mamona, entre outros.

A nova indústria terá capacidade de produção de 80 mil litros por dia e já garantiu a venda de 5 milhões de litros de sua produção em um leilão da Petrobrás, para este ano. O biodiesel é produzido a partir de óleos vegetais ou gorduras animais e é apontado como uma alternativa ao óleo diesel, por ser um combustível que não polui o meio ambiente, sendo fonte de energia renovável.

O setor está em expansão na região, que é rica na produção de soja, mas acaba pagando mais caro pelo óleo diesel. Um dos benefícios é que, a partir de 2007, será exigida a adição de 2% de biodiesel no diesel, o que deve fomentar a produção. Atualmente, a mistura é facultativa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink