Sorriso (MT) contabiliza perdas

Agronegócio

Sorriso (MT) contabiliza perdas

Se continuar chovendo desse jeito, as perdas serão inevitáveis
Por:
3 acessos

Se continuar chovendo desse jeito, as perdas serão inevitáveis. A afirmação é do presidente do Sindicato Rural de Sorriso, Leonir Capitâneo. Ele disse que ainda não foram contabilizadas as perdas, mas têm produtores que já estão com parte das lavouras de soja comprometidas.

Em Sorriso, maior produtor brasileiro de soja, já foram colhidos cerca de 70% da produção estimada em cerca de 2,7 milhões de toneladas de grãos. E o restante a ser colhido, está condicionado a trégua do tempo. Muitas áreas já estão com o problema de grãos ardidos e a leguminosa também perde peso, segundo Capitâneo.

Ele ressaltou que se as chuvas continuarem, sem longos períodos de estiagem, muitos daquelas que não colheram terão dificuldade e tirar os grãos da lavoura. "A dificuldade será grande. Esse é mais um dos problemas a ser enfrentados pelo produtor rural", disse resignado.

A estimativa do Sindicato é de que já foram colhidas mais de 1,5 milhão de toneladas, levando-se em conta uma produtividade média esperada de 55 sacas por hectares, tendo propriedades onde a produtividade pode passar de 60 sacas por hectares.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink