Sperotto vai negociar dívidas agrícolas pela CNA

Agronegócio

Sperotto vai negociar dívidas agrícolas pela CNA

Entre os pedidos ao governo também está redução na taxa de juros dos financiamentos
Por: -Giuliano
5 acessos

O presidente da Farsul, Carlos Sperotto, assumirá, na próxima semana, como representante da CNA, as negociações com o governo federal e parlamentares na busca de solução para a dívida agrícola. Sperotto também trabalhará pela redução na taxa de juros aplicada nos financiamentos de custeio e investimento da agricultura empresarial. Nesta quinta-feira (28-06), o presidente Lula e o Ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, anunciaram o Plano Safra 2007-2008 para a agricultura empresarial destinando R$ 58 bilhões com juros de 6.75% ao ano.

Sperotto, que está em missão empresarial na Finlândia, afirmou que o setor não aceita a taxa de juros de 6.75% porque o percentual inviabiliza a atividade porque não será possível pagar os financiamentos de custeio e os compromissos renegociados. Segundo ele, pedirá ao governo desconto na taxa de juros para quitação dos empréstimso em dia, a exemplo da agricultura familiar. Sperotto garantiu que se os juros contiuarem em 6,75% sobrará dinheiro nos bancos. As informações são da assessoria de imprensa da Farsul.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink