Agronegócio

Starbucks quer operar 15 mil cafeterias até outubro de 2007

A empresa pretende mais do que triplicar seu número de lojas à medida que realiza sua expansão em mercados de rápido crescimento como a China
Por: -Redação
2 acessos

A Starbucks, a maior rede de cafeterias do mundo, disse que projeta administrar quase 15 mil cafés até outubro do ano que vem. "O Japão ainda dispõe de um monte de oportunidades", afirmou Jim Donald, principal executivo da rede. "Na China nós ainda estamos bastante otimistas e queremos transformar o país em nosso segundo maior mercado no longo prazo, atrás apenas dos Estados Unidos".

A Starbucks pretende mais do que triplicar seu número de lojas, para 40 mil em todo o mundo, à medida que realiza sua expansão em mercados de rápido crescimento como a China e tenta superar redes concorrentes, como a da Dunkin" Donuts. Com o crescimento, a companhia poderá liderar o setor, à frente das 34 mil lojas da Yum! Brands e das 31 mil lojas do McDonald"s.

Até o início de de outubro, a Starbucks possuía 12.440 pontos-de-venda -cerca de 71% deles estavam nos Estados Unidos. A empresa também está comercializando músicas por meio da loja virtual iTunes, da Apple, além de desenvolver uma máquina de vendas automática em conjunto com a PepsiCo. que comercializará xícaras de café quente.

A empresa abrirá no Cairo seu primeiro ponto-de-venda no Egito antes do final deste mês de dezembro e pretende inaugurar lojas na Rússia e na Índia no ano que vem, elevando para 40 o número total de mercados externos onde atua, disse Donald na conferência. Na semana passada, ela abriu seu primeiro ponto-de-venda no Brasil, no shopping Morumbi, em São Paulo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink