Stephanes coordenará painel sobre biocombustíveis na Bienal da Agricultura

Agronegócio

Stephanes coordenará painel sobre biocombustíveis na Bienal da Agricultura

O ministro é presença confirmada na segunda Bienal dos Negócios da Agricultura
Por: -Silvano
93 acessos

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Reinhold Stephanes, é presença confirmada na segunda Bienal dos Negócios da Agricultura, a ser realizada de 22 a 24 de agosto, no Centro de Eventos do Senar em Cuiabá (MT), com o tema "Produção sustentável: o caminho para o futuro do agronegócio".

O ministro terá no mínimo duas participações no evento. A primeira será no dia 23, na qualidade de coordenador de mesa do Painel "Biocombustíveis: o papel de Mato Grosso nesta nova era", que terá como palestrantes o pesquisador da Embrapa Soja, Décio Luiz Gazzoni, também consultor internacional do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli de Azevedo e o professor da USP, João Gomes Martines Filho, PHD pela The Ohio State University (EUA).

Também caberá ao ministro discorrer sobre o tema da Bienal "Produção sustentável e as novas oportunidades no agronegócio", em palestra de pré-encerramento do evento, marcada para às 17h15min do dia 24. O presidente Lula tem afirmado que o programa brasileiro de biocombustível será tratado com status de soberania nacional. No mês passado, durante discurso no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o presidente defendeu a adoção de uma estratégia correta para o programa de biocombustíveis, que a partir dessa semana (mais precisamente dia 16) começará a ser discutido por um grupo de trabalho implementado pelo CDES. O presidente também tem defendido o aperfeiçoamento do programa do álcool, implantado em meados da década de 70.

Estimativas de mercado apontam que em 2008 o consumo nacional de álcool deve ultrapassar a casa de 20 bilhões de litros. Em janeiro, passa a ser obrigatória a adição de 2% de biodiesel ao diesel de petróleo, o que coloca o tema no topo das discussões envolvendo o agronegócio.

Para o pesquisador da Embrapa Soja, Décio Gazzoni, palestrante do painel a ser coordenado pelo ministro Stephanes, "a agroenergia será o grande segmento do agronegócio em termos de expressão financeira nos próximos anos". "Embutido nisto, está a disputa por mercado que se avizinha, a necessidade de competitividade e sustentabilidade, a importância central de dispor da melhor tecnologia e a necessidade de dispor de visão de futuro e de cenários estratégicos para extrair o máximo desta oportunidade de negócio", antecipa o pesquisador, que entre outras reflexões deverá presentear a Bienal com uma receita pedida pelos organizadores no seu tema de palestra: "Biodiesel: o que será melhor para Mato Grosso?"

A Bienal é promovida pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Gosso-Famato, numa co-realização do Senar/MT, Aprosoja e AMPA e reunirá autoridades do Agronegócio em âmbito mundial. Paralelamente serão realizados o Seminário de Gestão do Programa Nacional de Sanidade Suídea (PNSS) e o Fórum Agrário Empresarial. Abaixo, a programação completa, divulgada pela assessoria de imprensa do evento. As informações são da assessoria de imprensa da Famato.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink