Stephanes elogia negociação do acordo trabalhista para setor canavieiro

Agronegócio

Stephanes elogia negociação do acordo trabalhista para setor canavieiro

O acordo é inédito e prevê o fim da terceirização no cultivo da cana, a adoção de boas práticas trabalhistas com adesão voluntária de mais de 300 usinas de processamento de cana-de-açúcar em todo o País
Por:
304 acessos

O Compromisso Nacional para Aperfeiçoar as Condições de Trabalho na Cana-de-Açúcar, lançado na tarde desta quinta-feira (25), pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, é um grande exemplo do que a agricultura é capaz, quando participa das decisões. Este acordo poderia servir de referência para aqueles que conduzem as questões do meio ambiente no Brasil. A declaração é do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, que assinou o protocolo.

O acordo é inédito e prevê o fim da terceirização no cultivo da cana, a adoção de boas práticas trabalhistas com adesão voluntária de mais de 300 usinas de processamento de cana-de-açúcar em todo o País. Agora, as empresas estão comprometidas a adotar mais de 50 práticas de segurança, saúde e dignidade do trabalhador. A usina participante receberá um certificado de conformidade do acordo trabalhista.

As medidas serão coordenadas pela comissão tripartite composta por representantes do governo, empresários e trabalhadores do setor sucroenergético, criada na cerimônia de lançamento do compromisso.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink