Suinocultura define hoje redução de abates no RS

Agronegócio

Suinocultura define hoje redução de abates no RS

Por:
282 acessos

Produtores de suínos gaúchos pretendem reduzir o número de animais abatidos para provocar reação de preço. A orientação será definida hoje, mas o presidente da Acsurs, Valdecir Folador, adiantou que a recomendação tirada de encontro no sábado, em Sarandi, é pelo descarte de 10% dos leitões nascidos, preferencialmente animais com peso abaixo de 1,3 quilo. Com a redução na oferta, a tendência é de elevação do preço que, conforme Folador, está abaixo do custo, de R$ 2,20 a R$ 2,30 o kg/vv. Em maio, o valor médio ao produtor (integrado e independente) foi de R$ 1,90 o quilo vivo, conforme o Sips. O diretor executivo do Sips, Rogério Kerber, informou que a entidade não foi comunicada da decisão, mas ele não acredita que a orientação possa ter o reflexo esperado pelos criadores, pois abrange somente o Estado. "Sabemos que o valor pago não cobre os custos, mas as empresas não têm a quem recorrer."

As indústrias tentam recuperar as exportações, derrubadas pela crise. No primeiro semestre, os embarques cresceram em relação ao mesmo período de 2008, mas os preços caíram, conforme a Abipecs.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink