Suinocultura se recupera no RS

Agronegócio

Suinocultura se recupera no RS

Aos poucos a suinocultura gaúcha mostra sinais de recuperação
Por: -Redação
6 acessos

Aos poucos a suinocultura gaúcha mostra sinais de recuperação. Esta vem sendo alcançada pela comercialização de final de ano e com as perspectivas de exportação. Devido aos problemas sanitários vividos pelo Estado do Paraná e que afetaram o de Santa Catarina, o Rio Grande do Sul tem exportado para complementar cota de exportação.

Com isso, tem havido estímulo para implementação de novos empreendimentos e ampliação das criações, principalmente nos municípios onde predomina o sistema de agricultura familiar. As instalações de novas unidades produtoras de leitão vêm sendo incrementado por cooperativas e integradoras independentes.

Na região de Estrela, os produtores ligados ao sistema de integração estão recebendo como remuneração uma margem de R$ 15,00 a R$ 17,00 por suíno. Já na região do Planalto Médio, o valor tem girado em torno de R$ 8,00 a R$ 15,00 por cabeça. Atualmente é normal a oferta de animais para o abate. As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink