Suínos/Cepea: Competitividade da carne suína aumenta com altas do boi e do frango

Agronegócio

Suínos/Cepea: Competitividade da carne suína aumenta com altas do boi e do frango

Diante dos altos preços das carnes bovina e de frango, a suína vem ganhando competitividade ao longo de outubro
Por:
343 acessos

Diante dos altos preços das carnes bovina e de frango, a suína vem ganhando competitividade ao longo de outubro. Na parcial do mês (até o dia 19), a carcaça especial suína registra média de R$ 6,22/kg no atacado da Grande São Paulo, valor 4,04 reais inferior ao patamar recorde nominal da carcaça casada bovina, de R$ 10,26/kg no mesmo período. Frente ao frango, a diferença diminuiu para 1,53 real.

Segundo colaboradores do Cepea, apesar da maior competitividade, o ritmo de vendas de carne suína está lento, limitando reajustes nos valores. Assim, o preço pago ao produtor também custa a reagir no mercado independente. Na região de SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), entre 12 e 19 de outubro, as cotações do suíno vivo seguem a R$ 4,07. No Sudoeste Paranaense, o preço médio do animal no mercado independente se manteve em R$ 3,87/kg.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink