SUÍNOS/CEPEA: Cotações são pressionadas por fracas demandas interna e externa
CI
Suínos

SUÍNOS/CEPEA: Cotações são pressionadas por fracas demandas interna e externa

Preços mais altos registrados na primeira quinzena de junho em praticamente todas as regiões acompanhadas pelo Cepea
Por:

Os preços mais altos registrados na primeira quinzena de junho em praticamente todas as regiões acompanhadas pelo Cepea esbarraram em demandas interna e externa enfraquecidas. Com a menor procura, a liquidez nos mercados de suíno vivo e de carne diminuiu, resultando em quedas nos preços do animal e da proteína neste início de julho. Agentes do setor consultados pelo Cepea relatam que o baixo ritmo de negócios é ainda reforçado em dias de jogo do Brasil na Copa do Mundo.

Quanto às exportações de carne suína in natura, em junho, registraram os menores volume e receita desde fevereiro de 2015, somando, respectivamente, apenas 29,8 mil toneladas e US$ 58 milhões, de acordo com a Secex. O volume está 27,5% abaixo do verificado em maio/18 e 38,9% inferior ao de junho/17. Em relação à receita, as quedas são de 30,5% e de 59%, respectivamente.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink