SUÍNOS/CEPEA: Dia das mães não eleva demanda e preços seguem em queda

Suínos

SUÍNOS/CEPEA: Dia das mães não eleva demanda e preços seguem em queda

Fraca demanda, tanto doméstica quanto internacional, tem dificultado o escoamento dos produtos suinícolas, afetando o desempenho do setor
Por:
104 acessos

Apesar de o Dia das Mães ser, historicamente, uma das datas que mais impulsiona a demanda por produtos suinícolas e, consequentemente, que eleva os preços médios do animal vivo e da carne, neste ano, as vendas não decolaram e as cotações continuam enfraquecidas no mercado brasileiro. Segundo colaboradores do Cepea, a fraca demanda, tanto doméstica quanto internacional, tem dificultado o escoamento dos produtos suinícolas, afetando o desempenho do setor.

Na primeira quinzena de maio/18, a carcaça especial suína negociada na Grande São Paulo teve média de R$ 4,89/quilo, desvalorização de 25% frente ao mesmo período do ano anterior, quando o produto era negociado a R$ 6,49/kg. Quanto ao animal vivo, também comercializado na Grande São Paulo, a média dos primeiros 15 dias deste mês foi de R$ 3,03/kg, enquanto no mesmo período do ano anterior foi de R$ 4,08/kg, 26% maior.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink