Suínos/Cepea: Exportação pode atingir recorde; no BR, preço cai com menor demanda

Agronegócio

Suínos/Cepea: Exportação pode atingir recorde; no BR, preço cai com menor demanda

O volume de carne suína in natura exportada na parcial de agosto já atingiu a quantidade embarcada em todo o mês de agosto do ano passado.
Por:
343 acessos

O volume de carne suína in natura exportada na parcial de agosto já atingiu a quantidade embarcada em todo o mês de agosto do ano passado. Segundo números da Secex, as vendas externas somam 42,1 mil toneladas nos 15 primeiros dias úteis de agosto/16. Segundo pesquisadores do Cepea, se a média diária for mantida, o total exportado neste mês será recorde, de 65 mil toneladas.

No entanto, o bom desempenho dos embarques e a oferta de animais relativamente enxuta no mercado doméstico não têm sido suficientes para sustentar o mercado interno, e os preços do suíno vivo e da carne caíram nos últimos dias, pressionados pela menor demanda. Além disso, os altos patamares de preços da carne suína reduziram a competitividade dessa proteína frente às concorrentes (bovina e de frango). Assim, no atacado da Grande São Paulo, o quilo da carcaça especial suína recuou 2,7% entre 17 e 24 de agosto, passando para R$ 6,87 nessa quarta-feira, 24. A carcaça comum se desvalorizou 2,6% no período, a R$ 6,47/kg também na quarta. Quanto ao animal vivo, na região de SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), houve queda de 4,2% em sete dias, com o preço do suíno posto no frigorífico passando para R$ 4,43/kg no dia 24. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink