Sul discute futuro da produção de leite

Agronegócio

Sul discute futuro da produção de leite

3ª Mercoláctea reunirá cadeia produtiva do leite em Chapecó (SC) no mês de maio de 2011
Por:
1022 acessos
3ª Mercoláctea reunirá cadeia produtiva do leite em Chapecó no mês de maio de 2011

Uma grande feira comercial, um fórum técnico, um fórum econômico, um showroom e duas mostras pecuárias compõem a programação da Mercoláctea 2011, a Feira Internacional do Setor Lácteo que será realizada em Chapecó (SC) no período de 11 a 14 de maio de 2011. Considerado um dos maiores eventos da cadeia produtiva do leite no sul, a terceira edição da Mercoláctea reunirá 150 expositores, oportunizará negócios da ordem de 80 milhões de reais e atrairá 25 mil visitantes-compradores.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic, entidade promotora), João Carlos Stakonski, reuniu-se nesta semana com o presidente da comissão central organizadora, Ricardo Lunardi, com os coordenadores do setor industrial Daniel Tozzo, do setor pecuário, Enedi Zanchett e da comercialização Auro Pinto para definir a estrutura final dos eventos paralelos.

Lunardi expôs que, para 2011, serão implementadas algumas mudanças, atendendo resultado de consulta aos expositores e visitantes. “O objetivo é tornar a feira um fator de integração de todos os agentes econômicos da cadeia do leite, disseminar os avanços tecnológicos e oportunizar negócios”, resumiu.

A expo-feira exibirá máquinas, equipamentos e insumos para a cadeia produtiva, especialmente para as granjas e indústrias de laticínios, com produtos e serviços para manejo, nutrição, sanidade, qualidade, genética, embalagens, etc. A principal clientela visitante/compradora é formada de criadores, técnicos e proprietários de indústrias de processamento, além de cooperativas, supermercadistas, laticinistas, empresários, tecnólogos, químicos, veterinários, engenheiros de alimentos e outros profissionais.

Os visitantes da Mercoláctea terão a oportunidade conhecer e provar produtos industrializados por laticínios disponibilizados no Showroom da Indústria Láctea, que ocupará uma área de cerca de 500 metros quadrados dentro do pavilhão do Parque de Exposições Tancredo Neves. Entre os laticínios já confirmados estão Aurora/Aurolat, Casa da Ovelha, Cordilat, Belpaís, Cremoso, Gran Mestri, Gran Paladare, Tirol, Carlitos, Piracanjuba além de laticínios de pequeno porte.

Empresários, criadores e industrializadores poderão participar de dois importantes eventos técnicos: o Fórum sobre a qualidade do leite, que reunirá especialistas em produção de lácteos dos principais centros de pesquisa; e o Fórum sobre mercado e formação de preços, que reunirá os principais estudiosos do mercado brasileiro e mundial de leite e o Conseleite do PR, SC e RS.

O setor pecuário ganhará espaço privilegiado com a oferta de material genético e exposição de animais de raças leiteiras. Para isso, será realizada a Expomerco, mostra e feira de bovinos e ovinos de leite organizada pelo Núcleo de Criadores de Bovinos. A exposição reunirá cerca de 600 animais de alta linhagem genética para fins de ranqueamento e venda.

A Mercoláctea se caracteriza como uma expo-feira voltada principalmente à geração de negócios no mercado brasileiro de produção e industrialização de produtos lácteos. O evento tem seu foco orientado para todas as fases da cadeia produtiva – desde genética e matéria-prima, até tecnologia industrial, beneficiamento, processamento, armazenamento e distribuição – buscando cumprir o papel de difusão e orientação sobre novidades, tendências de mercado e avanços tecnológicos para o setor.

SUPORTE

A Mercoláctea será reeditada em Chapecó em razão de estar estrategicamente localizada no centro de uma das maiores e mais promissoras regiões produtoras do Brasil, formada pelas microbacias dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A terceira edição da Mercoláctea será organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), Agência T12 e Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), com apoio da Prefeitura Municipal de Chapecó, Ocesc e demais entidades do agronegócio. Também participam o Sebrae, Senar, Fecoagro, Governo de SC, Sindicato Rural de Chapecó, Fiesc, Senai e Núcleo de Criadores de Bovinos, Fetaesc e Associação Brasileira de Criadores de Ovelhas de Leite (ABCOL).

As informações são da assessoria de imprensa do evento.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink