Suplementação adequada é fundamental para o período de monta
CI
Agronegócio

Suplementação adequada é fundamental para o período de monta

As estratégias adotadas pelos pecuaristas para garantir sucesso no período reprodutivo devem ser realizadas com antecedência
Por: -Silvano
A estação seca em 2010 está sendo uma das mais intensas dos últimos anos. Uma das consequências da falta de chuva por um período prolongado é a redução de peso dos animais. Para que o rebanho esteja nas condições adequadas no período de monta, esse é o momento exato para adotar estratégias de recuperação. O manejo nutricional, através de uma suplementação adequada, é um dos principais aliados nesse processo, já que os resultados positivos da reprodução estão diretamente ligados à nutrição dos animais.

As estratégias adotadas pelo pecuarista na recuperação desses animais para o período de monta devem ser imediatas. ”Para desmamarmos bons bezerros agora e garantir resultados positivos na próxima safra de bezerros, esse é o momento certo para arregaçar as mangas e preparar adequadamente esses animais”, orienta Lauriston Bertelli, zootecnista e diretor técnico da Premix Nutrição de Resultados.

Seguem algumas orientações do zootecnista e diretor técnico da Premix, Lauriston Bertelli, para obtenção de resultados positivos na recuperação desses animais:

1. Realizar a classificação das fêmeas paridas por ordem de número de crias (primíparas e multíparas);

2. Dar ênfase à suplementação nos pastos, na medida do possível, para os animais de primeira e segunda cria;

3. Introduzir suplementação em creep feeding com os bezerros para compensar a baixa produção de leite e aliviar a vaca. Esse sistema é implantado em um cocho que somente os bezerros têm acesso e que, normalmente, está cercado dentro do próprio pasto onde eles ficam com a mãe. Dessa forma, o acesso ao cocho é realizado apenas quando sentem vontade de comer o suplemento, diminuindo o consumo de leite pelo bezerro, havendo um efeito de substituição em que o animal passa a ingerir suplemento ao invés de pastagem.

4. Realizar a suplementação protéica ou com ureia para todo o rebanho parido, visando melhorar produção de leite e a digestibilidade da pastagem pobre;

5. É recomendável iniciar a suplementação de pré-monta para as fêmeas de primeira e segunda crias 30 dias antes da monta;

6. No caso de monta natural, verificar as condições corporais dos touros e, caso seja necessário, suplementá-los com suplementos protéicos e energéticos para oferecer condições de trabalho, libido e espermatogênese;

7. No período de monta é necessário implementar suplementação específica para monta;

8. Na medida do possível fazer sincronização de cios com MGA via sal mineral para antecipar prenhezes dentro do período adequado.

As informações são da assessoria de imprensa da Premix Nutrição.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink