Susaf deve ter 50 municípios até fim do ano
CI
Agronegócio

Susaf deve ter 50 municípios até fim do ano

O Susaf favorece abertura de mercado para agricultura familiar
Por:
Atualmente, existem 206 pedidos de adesão, mas somente 36 prefeituras já enviaram documentos para a Dipoa

A Secretaria da Agricultura prevê pelo menos 50 municípios com adesão aprovada pelo Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agroindustrial (Susaf) até o final do ano. Eles ganharão um kit do Estado, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, contendo veículo, GPS e computadores para fortalecer e impulsionar os Serviços de Inspeção Municipal (Sim).

Em seminário do programa em São Luiz Gonzaga, na região das Missões, o secretário da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Claudio Fioreze, afirmou que a inclusão no programa fará as agroindústrias gaúchas darem um salto de qualidade na agregação de valor. "Embora o forte do Rio Grande do Sul seja o setor primário, ainda se agrega pouco valor à produção agropecuária", disse.

Atualmente, existem 206 pedidos de adesão. Apenas 36 municípios, porém, enviaram documentos à Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa) da Seapa. Desses, 26 estão em fase de auditoria documental e oito, local. São José do Sul e Salvador do Sul são os únicos aprovados até agora.

A grande maioria tem dificuldade estrutural. Embora cada prefeitura precise ter o seu Sim, a adesão via consórcio pode reduzir custos. Contratado dessa forma, o mesmo profissional de medicina veterinária atenderá ao conjunto dos municípios.

"O consórcio pode viabilizar a estrutura necessária em parceria. Juntos, podem adquirir veículo e profissional para dar assistência às agroindústrias de uma região", explicou Fioreze. "Há casos em que o município tem uma ou duas agroindústrias, e contratar um profissional específico para isso se torna oneroso."

O Susaf, na prática, permite a comercialização de produtos da agricultura familiar em outras regiões do Estado, abrindo mercado e aumentando a renda dos produtores.

A equivalência sanitária entre as instâncias de inspeção faz parte do Sistema Único de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa), do MDA, o qual engloba o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi). "O que se pretende de fato é criar um processo de integração e desenvolvimento local e regional", definiu Fioreze.

O incentivo à participação está entre as 66 medidas da quarta edição do Plano Safra Estadual, lançado no início do mês. O Rio Grande do Sul é o único estado a ter ação complementar à nacional.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink