Sustentabilidade florestal na cultura do tabaco
CI
Imagem: Pixabay
AGRICULTURA

Sustentabilidade florestal na cultura do tabaco

O setor de tabaco é pioneiro na preservação de matas nativas e no incentivo ao reflorestamento
Por:

O setor de tabaco é pioneiro na preservação de matas nativas e no incentivo ao reflorestamento. Através de uma parceria técnico-científica,o SindiTabaco e a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) colocaram em prática um projeto que visa a reforçar as ações já desenvolvidas nas últimas décadas. Os resultados obtidos poderão auxiliar ainda mais na autossuficiência da energia nas estufas de tabaco, assim como na melhoria do meio ambiente nas propriedades dos agricultores.

Os produtores, aplicando essa tecnologia nas propriedades, colherão os benefícios de uma produção florestal sustentável do ponto de vista ambiental, social e econômico.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.