Syngenta investe em novas variedades de melão para a próxima safra
CI
Agronegócio

Syngenta investe em novas variedades de melão para a próxima safra

Com mais qualidade e resistência, empresa ganha competitividade na cultura
Por: -Janice

Com mais qualidade e resistência, empresa ganha competitividade na cultura

O Brasil está se consolidando globalmente como importante produtor de melões. A previsão do mercado é que a safra 2010-2011 registre aumento de 20% em relação à anterior. Atenta a essa tendência, a Syngenta está investindo em pesquisa para essa cultura com o objetivo de oferecer mais qualidade e resistência às doenças e pragas mais comuns.

O foco para inovação se concentrou nas categorias diferenciadas de melão como Harper e Pele de Sapo. No segmento Harper, a empresa desenvolveu dois produtos; o Stargate e o Globstar. Segundo o coordenador de Melões e Melancia sem sementes da Syngenta Seeds, Jefferson Nunes, as sementes do segmento Harper conquistaram a preferência dos produtores e geraram negócios surpreendentes na última safra, superiores à meta inicial da Syngenta.

“Diferenciais como elevado teor de açúcar, uniformidade de maturação dos frutos e rusticidade, tornaram as colheitas dos tipos Globstar e Stargate mais produtivas e suas demandas foram crescentes na última safra”, afirma Nunes. A produção dessa espécie atendeu principalmente as demandas da Inglaterra, Holanda e Alemanha.

Os investimentos em melhoramento genético no melão Harper estão previstos para até 2013 quando essa variedade terá adquirido resistência à praga Minadora que, atualmente causa prejuízos de até 25% na cultura. Os experimentos estão sendo realizados na Estação de Pesquisa de Aracati (CE), em parceria com estações da Syngenta na França, para desenvolvimento de marcadores moleculares e identificação de plantas que tenham o gene da resistência.

Na categoria Pele de Sapo, as novas variedades; Hilário, Ibérico e MP1515 já estão disponíveis nessa safra, que se inicia nesse mês de junho. As novidades reforçam a liderança absoluta da empresa nesse segmento com o melão Sancho. Os novos melões terão o mesmo padrão em relação a variáveis sensoriais como sabor e textura, como também a concentração de açúcar e classificação de frutos já consagrados na preferência dos consumidores espanhóis e portugueses e vão reforçar a participação dessa fruta na balança comercial brasileira.

Conheça abaixo as principais categorias de melão da Syngenta:

Harper – Melões menores, com pesos entre 0,8 KG até 1,5 KG no máximo, e teor de açúcar mais elevado (13º Brix). Com cavidades internas menores, eles são mais resistentes e sofrem menos danos durante o transporte. O formato e peso também favorecem a colheita, o que garante redução de custos para os produtores.

Pele de Sapo – Melões maiores, com peso entre 1,8 a 2,5 Kg, superfície reticulada, polpa fina e muito doce. Nessa categoria, a Syngenta já possui o melão Sancho e lançará os híbridos Hilário, Ibérico e MP1515, com as mesmas características de lenta fermentação, baixo custo de produção e flexibilidade no transporte. As informações são de assessoria de imprensa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.