CONTÍNUO

Tailândia: Produção de palma segue crescendo

País também tem demanda por soja em grão
Por: -Leonardo Gottems
89 acessos

Segundo um informativo do Departamento da Agricultura dos Estados Unidos (USDA), o baixo crescimento da demanda de ração deve limitar as importações de farelo de soja na Tailândia, mas não terá impacto nas importações de soja no país. Já a produção de óleo de palma aumentou em 2017 e deve aumentar ainda mais em 2018 e 2019.

A demanda por ração da Tailândia é afetada pelos preços baixos de gado e aves e relativamente altos custos de produção. Devido a baixa produção doméstica de soja, a maior parte do consumo de soja e de farelo é fornecido por importações. O consumo doméstico de soja deve crescer 7% devido ao maior uso de óleo de soja com maior capacidade de produção.

As importações de soja devem aumentar em 6% em linha com o antecipado com o aumento do consumo doméstico total. No entanto, com o aumento da produção doméstica as importações de soja terão um incremento de apenas 1% em 2017-2018 e 4% em 2018-2019.

A produção de óleo de palma deve ter um aumento maior para 2,7 milhões de toneladas em 2018 e 2,9 milhões de toneladas em 2019. Devido aos preços menores e forte aumento de produção, tanto o consumo doméstico e as exportações do produto aumentarão significativamente em 2017. O consumo doméstico deveria continuar crescendo em 2018  e 2019 com exportações de 300 a 400 mil toneladas anualmente. As regulações de importação de soja e azeites não mudam, observou o USDA, mantendo as mesmas tarifas.

A produção de soja na Indonésia é de 50 mil toneladas. A produção de óleo de planta foi de 2,5 milhões de toneladas, subindo de 1,9 milhão de toneladas em 2016.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink