Tarifa sobre pré-mistura de trigo provoca polêmica
CI
Agronegócio

Tarifa sobre pré-mistura de trigo provoca polêmica

Uma resolução do governo da Argentina provocou confusão entre indústrias moageiras Argentinas e as do Brasil
Por:
Uma resolução do governo da Argentina da semana passada, que deu a entender uma redução de suas tarifas de exportação para pré-misturas de trigo de 10% para 5%, provocou confusão e polêmica entre as indústrias moageiras do Brasil e da Argentina.

Conforme as indústrias de trigo da Argentina, a resolução 22/2007, divulgada no dia 17 de janeiro sobre a redução da tarifa de 10% para 5%, vale apenas para exportação de embalagens de pré-misturas de 1 quilo ou menos. As indústrias de trigo do Brasil entenderam que a redução da tarifa para 5% era válida para embalagens acima de 1 quilo. O texto original, que depois foi corrigido (faltou um parênteses), aponta exceções e explica, de forma prolixa, que a tarifa reduzida para 5% vale apenas para embalagens de 1 quilo ou menos. Para as embalagens acima desse volume, ainda vigora a tarifa de 10%.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink