Tecnologia de gestão de frotas impulsiona empresa do agro

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Pixabay
MODERNIZAÇÃO

Tecnologia de gestão de frotas impulsiona empresa do agro

Plataforma analisa desde o gasto dos pneus até as despesas da viagem
Por: -Leonardo Gottems

A empresa de tecnologia Gestran criou um software de gestão de frotas para o agronegócio que  fez a sua desenvolvedora crescer em meio à pandemia. Nesse contexto, seus negócios aceleraram a partir de julho do ano passado, fechando 2020 com alta de 20%, e com projeções de atingir mais 40% até junho deste ano. 

A tecnologia criada consiste em a uma plataforma Saas (software baseado na web) chamada Gestão de Frota, que, como o nome já diz, auxilia no gerenciamento de frotas das empresas e que atende não só transportadoras, como qualquer negócio que tenha frota de veículos, de qualquer tamanho. “O sistema atende qualquer empresa que dispõe de frota própria, mas que, pela natureza de seus negócios, tem o transporte como atividade-meio, não como atividade-fim. Por exemplo, empresas do varejo, indústria, agronegócio e até administrações públicas”, explica Paulo Raymundi, CEO da Gestran. 

As principais atuações da plataforma são o monitoramento do gasto do combustível, de pneus, indicação de manutenção, despesas de viagens, ou seja, tudo o que envolve o dia a dia do serviço de transporte. Segundo Paulo, com o sistema é possível diminuir consideravelmente os custos com frotas. 

“A tecnologia automatiza e acelera os processos operacionais diários, tudo de forma on-line e com informações em tempo real. Também traz indicadores para a tomada de decisões rápidas e assertivas, que permitem, entre outras coisas, adotar medidas preventivas e assim reduzir custos. Conseguimos atender uma empresa, como a Júlio Simões, com frota de 4,5 mil veículos, até uma pequena empresa com dois caminhões, por exemplo. É cada vez maior a demanda de pequenos frotistas que precisam de maior eficiência e não encontram soluções voltadas às especificidades de seu porte. Então é justamente essa flexibilidade que faz com que vislumbremos a expansão acelerada dos negócios”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink