Tempo adverso afeta trigo argentino

Agronegócio

Tempo adverso afeta trigo argentino

O tempo frio e seco afetou a semeadura e as condições das lavouras no país
Por:
84 acessos

Reuters - O tempo frio e seco registrado na semana passada na Argentina afetou a semeadura e desenvolvimento do trigo de 2007/08, informou a Bolsa de Cereales de Buenos Aires em um relatório nesta segunda-feira (13-08). Apesar das condições meteorológicas ruins, a entidade afirmou que as elevadas cotações do cereal mantêm a intenção de plantio dos agricultores na Argentina, um dos cinco maiores exportadores de trigo do mundo e o principal fornecedor do produto para o Brasil.

"A situação do cultivo continuou caindo levemente. Apesar de seguirem de boas a muito boas na região central, continuaram piorando devido à baixa umidade e ao frio no oeste e sul", de acordo com o informe semanal de grãos da Bolsa de Cereales. Até sexta-feira, os agricultores tinham plantado 92 por cento dos 5,4 milhões de hectares previstos para o trigo da temporada 2007/08, 1,5 ponto percentual mais que na semana anterior.

Ainda há algumas áreas ao sul da província de Buenos Aires que produz 60 por cento do total de trigo do país para serem semeadas. A falta de umidade está dificultando os trabalhos de semeadura. O governo argentino ainda não fez um prognóstico da produção, mas o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estimou que a colheita argentina de trigo 2007/08 será de 14 milhões de toneladas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink