Terminal de Itiquira/MT inicia funcionamento em janeiro
CI
Agronegócio

Terminal de Itiquira/MT inicia funcionamento em janeiro

Trecho concretiza mais uma etapa da construção da ferrovia Senador Vicente Vuolo
Por:
Terminal intermodal de cargas em Itiquira (a 357 km de Cuiabá) será inaugurado em janeiro de 2012, concretizando mais uma etapa da construção da ferrovia Senador Vicente Vuolo, em Mato Grosso. A informação é da Secretaria de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transporte (Selit). Junto com o terminal, teve destaque este ano o prolongamento dos trilhos da ferrovia rumo a Cuiabá, com as obras até Rondonópolis já em andamento.


O trecho Itiquira-Rondonópolis será concluído até dezembro de 2012 e em 2013, o governo espera iniciar as obras de Rondonópolis-Cuiabá. Além da Ferronorte, outro importante projeto ferroviário em andamento, destaca o secretário Francisco Vuolo, é a Ferrovia Centro-Oeste (Fico), cujo trajeto ligará Uruaçu (GO) a Vilhena (RO), passando por importantes cidades mato-grossenses, como Água Boa e Lucas do Rio Verde.

“As ferrovias Cuiabá-Santarém e a Ferrovia de Integração do Centro Oeste são complementares”, explica, salientando que Mato Grosso precisa de uma malha ferroviária que possibilite mais eficiência no escoamento da produção agrícola. “Somos o maior produtor de grãos do Brasil e temos condições de crescer com sustentabilidade. Mas para isso, precisamos ser mais eficientes da porteira para fora. Daí a necessidade de investir em logística para permitir que, dentro de uma visão estratégica, possamos ser um grande corredor de entroncamento logístico para a América do Sul”.


Aeroporto - Outro avanço no transporte mato-grossense este ano, na avaliação de Vuolo, foi a inauguração do Módulo Operacional Provisório (MOP), no aeroporto Marechal Rondon. “Com isso, o cronograma de ampliação das obras do aeroporto segue dentro do prazo e, até dezembro de 2013, todas as etapas serão concluídas”.

Conforme o secretário, será instalado todo um moderno circuito de segurança e equipamentos. Vuolo lembra que também será realizada uma adequação viária para a entrada no aeroporto e, com a ampliação definitiva, o empreendimento terá capacidade para receber 5 milhões de passageiros por ano. Mato Grosso foi o 1º Estado a firmar um termo de cooperação com a Infraero.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.