Terminal de Rondonópolis movimentou 6,5 milhões de toneladas de grãos
CI
Agronegócio

Terminal de Rondonópolis movimentou 6,5 milhões de toneladas de grãos

Por:
Nos primeiros oito meses de atuação, o terminal ferroviário intermodal da América Latina Logística (ALL) em Rondonópolis (210 quilômetros ao sul de Cuiabá) movimentou aproximadamente 6,5 milhões de toneladas de grãos. Os dados contabilizados são de setembro do ano passado a maio deste ano. O destaque do período fica para a soja que somou aproximadamente 3,5 milhões de toneladas, representando mais da metade (50%) do volume total escoado.


Com operação 24 horas por dia, o terminal registrou no período a circulação de cerca de 140 mil caminhões. A carga, que é primeiramente estocada e depois transbordada para os trens, segue integralmente para o Porto de Santos (SP). Por dia, são carregados em média seis trens, compostos cada um de 80 vagões. Cada vagão por sua vez tem capacidade de receber 80 toneladas de grãos - o dobro do suporte de um caminhão bitrem. Esse montante tira cerca de mil caminhões das rodovias diariamente.


Segundo o gerente de Terminais em Mato Grosso, Ivandro Paim, o terminal está operando com 100% da sua capacidade. “Cumprimos todos os contratos comerciais com nossos clientes”, explicou.

O Complexo Intermodal de Rondonópolis (CIR), maior da América Latina, foi inaugurado em setembro do ano passado. Sua estrutura conta com sete tombadores que operam simultaneamente com autonomia de descarga de 70 caminhões por hora e tem capacidade estática de armazenagem de 60 mil toneladas de grãos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink