Terminou o abate sanitário dos bovinos paraguaios devido à aftosa


Agronegócio

Terminou o abate sanitário dos bovinos paraguaios devido à aftosa

Foram 168 animais, sendo 154 bovinos da fazenda “Nazareth”
Por:
839 acessos
O Servicio Nacional de Calidad y Salud Animal (SENACSA) informou que terminaram os abates sanitários dos animais da região do foco de febre aftosa.

Foram 168 animais, sendo 154 bovinos da fazenda “Nazareth”, 9 bovinos e 5 suínos de propriedades perifocais.

O abate ocorreu através de “rifle sanitário” por membros das Forças Armadas paraguaias.

Após processo de inativação viral, realizado com cal, as carcaças foram enterradas em valas de 100 metros de comprimento, com 4 metros de profundidade.

Além do serviço veterinário local, estão presentes representantes do Centro Pan-americano de Febre Aftosa (PANAFTOSA) e da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Os efeitos sobre a cotação do boi gordo podem ser observados na figura 1.




O preço atual, US$44,70/@, é 27,7% menor que antes do primeiro foco, em meados de setembro.

Os postos de controle continuam em atividade, realizando a desinfecção de veículos e restringindo o trânsito de animais na região.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink