soja

Terra cara limita expansão de área de soja no Brasil e produtor foca na produtividade

Produtores brasileiros que pretendem expandir a área plantada com soja na próxima temporada terão de avaliar os custos crescentes da terra no país
Por:
734 acessos

Produtores brasileiros que pretendem expandir a área plantada com soja na próxima temporada para atender ao forte apetite chinês terão de avaliar os custos crescentes da terra no país, disseram agricultores e analistas durante uma expedição de safra pelas lavouras de Mato Grosso.

Os produtores no Estado, o maior produtor nacional de grãos, podem preferir investir os lucros com colheitas recentes no aumento da produtividade das plantações existentes, disseram agricultores, citando, como exemplo, a compra de equipamentos melhores.

A área de soja plantada no Mato Grosso deve crescer 1,2 por cento na safra 2018/19, segundo a primeira estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), divulgada na segunda-feira, para a safra que será semeada a partir de setembro.

Caso se confirme, a área plantada com soja no Estado iria para um recorde de 9,58 milhões de hectares, aumento de 13,5 por cento em cinco anos.

O crescimento ocorre na esteira da expectativas de que o Brasil superará os Estados Unidos neste ano como o maior produtor de soja pela primeira vez na história. Mas o boom pode se enfraquecer em razão dos custos da terra. “Gostaria de aumentar a área de soja, mas não com os preços atuais da terra”, disse o agricultor Elzo Pozzobon, na cidade de Vera (MT), por onde passou a expedição técnica Rally da Safra, organizado pela consultoria Agroconsult.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink