TO: 70% dos inadimplentes ao PNFC aderiram à renegociação das dívidas
CI
Agronegócio

TO: 70% dos inadimplentes ao PNFC aderiram à renegociação das dívidas

O prazo final para adesão encerrou no dia 28 de março de 2013
Por:
A mobilização realizada pelo Governo do Estado, por meio da Seagro – Secretaria da Agricultura e Pecuária e entidades parceiras para os agricultores familiares aderirem à renegociação de dívidas do PNCF – Programa Nacional de Crédito Fundiário - surtiu efeitos positivos. Cerca de 70% dos produtores inadimplentes aderiram à nova renegociação proposta. O prazo final para adesão encerrou no dia 28 de março de 2013.

Segundo o coordenador da UTE – Unidade Técnica Estadual, José das Crianças da Costa, o percentual é considerado satisfatório, resultado das visitas a 95 associações de agricultores familiares nos 139 municípios tocantinenses. “É reflexo do trabalho em conjunto com as entidades envolvidas e a divulgação nos meio de comunicação contribuíram para essa adesão em massa”, justificou.

Após a adesão, os agricultores iniciaram nova etapa para a regularização das dívidas. Mas Costa alerta que os produtores que fizeram a adesão devem encaminhar os documentos para a UTE o mais rápido possível, pois os agentes financeiros possuem o prazo máximo para formalização do aditivo, que expira no dia 28 de junho.
Produtor

O agricultor familiar João José dos Santos, do Projeto de Assentamento Nova Esperança, no município de Miracema do Tocantins, disse que essa é uma oportunidade para legalizar sua dívida. A associação possui cerca de 30 integrantes. “Agora estamos negociando as parcelas e aderindo ao projeto individualizado para cada agricultor, o que facilita na hora de pagar na agência financeira. Vamos quitar as dívidas e iniciar novas linhas de financiamentos para implantação dos projetos agrícolas”, manifestou.

Trabalho
No processo de divulgação e mobilização para a renegociação de dívidas participaram técnicos da Seagro, MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário, Fetaet – Federação dos Trabalhadores Rurais do Estado do Tocantins, DFDA – Delegacia Federal de Desenvolvimento Agrário, Ruraltins – Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins, consultores, entre outras entidades.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.