TO: cotações em alta no mercado de reposição

Boi

TO: cotações em alta no mercado de reposição

No Tocantins a demanda pelas categorias de reposição tem sido maior do que a oferta e o resultado disso são cotações em alta
Por:
24 acessos

No Tocantins a demanda pelas categorias de reposição tem sido maior do que a oferta e o resultado disso são cotações em alta. Do início do ano até aqui, todas as categorias de macho valorizaram no estado, com destaque para o bezerro de desmama (6@) que valorizou 12,5%, ou seja, alta de R$144,00/cabeça na comparação da média das cotações de janeiro e maio. 

Atualmente a categoria no estado está cotada, em média, em R$1,3 mil/cabeça, e as ofertas de venda mais comuns variam de R$1,25 mil a R$1,4 mil por cabeça. Já as cotações da arroba do boi gordo, valorizaram desde o início do ano 4,3%, ou seja, em menor proporção do que a reposição. Logo o poder de compra do recriador e invernista diminuiu. 

Em janeiro, com a venda de um boi gordo com 18@ comprava-se 2,11 bezerros de desmama (6@). Atualmente, nas mesmas condições, compra-se 1,96, piora de 4,4% na relação de troca. Para o curto prazo o fluxo de negócios com a reposição deve ser menor em função do período de vacinação contra a Febre Aftosa. Inclusive, é comum nesse período os leilões pararem de operar temporariamente.

Após o período de vacinação a oferta da desmama e o fluxo de negócios tendem a crescer expressivamente, pois durante a vacinação muitos pecuaristas já aproveitam o manejo para apartarem os animais que serão comercializados. Além disso, a desova de final de safra se aproxima e a troca entre boi gordo e bezerros é maior nesse período.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink