TO: Recuperação de pastagens garante aumento do rebanho

Agronegócio

TO: Recuperação de pastagens garante aumento do rebanho

De acordo com o secretário executivo da Seagro, com o crescimento da produção de grãos no Estado, haverá uma redução natural na área das pastagens
Por:
469 acessos

O secretário executivo da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Ruiter Padua, listou as principais ações do Governo, para aumentar a produtividade tocantinense, durante o encontro semestral dos técnicos da Coopvag - Cooperativa de Profissionais Liberais do Vale Araguaia, que aconteceu nesta quinta-feira, 9 de junho, em Palmas. “Hoje, no Tocantins, a média é de uma cabeça de gado por cada hectare de pasto, mas queremos elevar para 1,8 ou até duas cabeças de gado por cada hectare”, informou o representante do Governo.

De acordo com o secretário executivo da Seagro, com o crescimento da produção de grãos no Estado, haverá uma redução natural na área das pastagens, que deverá perder uma área de cerca de 30%, para a agricultura. Contudo, ele assegurou que é possível aumentar o rebanho do Estado de oito para 12 milhões de cabeça, através da implementação de novas tecnologias e capacitação.

Ruiter Padua informou, ainda, que o Governo quer desenvolver trabalhos para recuperar áreas agrícolas degradas do Tocantins e aumentar a produção, mas também quer investir em capacitação no meio rural. “No passado tivemos diversas ações para aumentar a nossa produção, mas faltaram pessoas capacitadas para garantir a continuidade dessas iniciativas”, recordou o secretário executivo.

Durante a reunião, o secretário também falou sobre diversos projetos do Governo para fomentar a aquicultura (produção de peixe), a apicultura (produção de mel de abelha), a produção de grãos e a criação de gado. Na ocasião, os técnicos da Coopvag tiveram a oportunidade de tirar dúvidas sobre ações do governo, que já estão em andamento, como por exemplo, a proposta para facilitar a aquisição do licenciamento ambiental.

Os técnicos que participaram da reunião fazem parte do Programa de ATES - Assessoria Técnica, Social e Ambiental, prestam assistência nos diversos assentamentos rurais do Programa Nacional de Reforma Agrária. Ao todo, cerca de 4.380 famílias tocantinenses são atendidas pelos 85 técnicos. A cooperativa possui núcleo operacional em Palmas, Araguacema, Colinas, Porto Nacional, Couto Magalhães e Bernardo Sayão.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink