Torrefadoras aderem a selo de qualidade
CI
Agronegócio

Torrefadoras aderem a selo de qualidade

Por:

Criado pelo governo do estado, estampa busca ampliar receita do agronegócio no exterior. O selo de qualidade para o café torrado e moído e o torrado e em grão obteve boa aceitação no mercado. Atualmente 20 torrefadoras aderiram à nova estampa, criada pelo governo de São Paulo. A campanha, lançada em outubro deste ano nas principais regiões do Estado, recebe pedidos de novas solicitações. Todas as indústrias paulistas poderão requerer o selo para o seu café industrializado.

O produto encabeça a lista dos agroindustriais que receberão a chancela do Programa de Qualidade Selo São Paulo. O projeto busca ampliar a receita do estado com o agronegócio no exterior e incrementar a oferta de café de alta qualidade. Além disso, espera estimular o aumento do consumo de produtos mais nobres e levar aos consumidores informações do programa do Selo de Qualidade criado em junho pelo governo paulista.

O selo dará ênfase à qualidade da bebida em seu aspecto sensorial. Considerando a escala de zero a dez, os produtos receberão um dos três selos de qualidade: Gourmet, quando a bebida se posicionar entre 10 e 8; Superior, entre 8 e 6; e Tradicional, de 6 a 3.

Controle e certificação

A Fundação Vanzolim será responsável pela emissão dos certificados e o Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) responderá pelo monitoramento e avaliação dos produtos rotulados e para os que solicitarem o credenciamento ao programa.

Terceiro maior produtor nacional, com o selo de qualidade, o estado espera ampliar as vendas internas e externas (Estados Unidos, Europa e incluir no rol dos compradores países do Oriente).

A iniciativa do programa é da Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento (SAA), Sindicato das Indústrias de Café do Estado de São Paulo (Sindicafé), Sebrae-SP e Câmara Setorial do Café, com apoio da Associação Paulista de Supermercados (Apas).

A campanha pelo Selo de Qualidade São Paulo despertou a atenção de outras esferas do governo. Está em análise a possibilidade de incluir em suas licitações os produtos com o novo selo ou a criação de certificação similar em outros Estados.

Gazeta Estado de São Paulo


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.