Trabalhadores da Fábrica de Fertilizantes de Sergipe paralisam atividades

Agronegócio

Trabalhadores da Fábrica de Fertilizantes de Sergipe paralisam atividades

Trabalhadores pedem a transferência da fábrica do setor de abastecimento para o setor de gás e energia
Por:
315 acessos
Trabalhadores da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen-SE) paralisaram as atividades na manhã dessa terça-feira (11), por três horas, e fizeram uma manifestação em frente à entidade, em protesto a transferência da fábrica do setor de abastecimento para o setor de gás e energia.

Estavam presentes ao movimento, segundo informações do Sindipetro, mais de 90% do efetivo próprio e mais de 95% dos contratados. Gildo Pereira, um dos diretores do sindicato, explicou os prejuízos se a transferência acontecer. "Se essa mudança acontecer passaremos a ser refém de uma empresa particular, que com certeza fará com que a Fafen seja privatizada. Sabemos que quem administra o gás no Estado de Sergipe é a Sergás, uma empresa particular. Em 1993 quando a Petrobras queria privatizar a Nitrofértil, lutamos muito e conseguimos mantê-la estatal e dentro do contexto da Petrobras. Hoje essa história está se repetindo, mas eles só conseguirão fazer isso se os trabalhadores consentirem", expôs.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink