Trabalhadores do campo de AL negociam acordo coletivo com usinas

Agronegócio

Trabalhadores do campo de AL negociam acordo coletivo com usinas

As negociações tiveram início no começo de novembro e deverão se estender até o final do mês
Por:
836 acessos
Os trabalhadores do campo continuam em processo de negociação do acordo coletivo com as usinas de Alagoas, representadas pelo Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Alagoas (Sindaçúcar). As negociações tiveram início no começo de novembro e deverão se estender até o final do mês.

Mais uma reunião será realizada nesta quarta-feira (24-11), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas (Faeal), para a discussão de cláusulas econômicas e sociais ainda pendentes. O percentual inicial de reajuste salarial solicitado pela Fetag, de 20%, já foi reduzido para 10%.

“Nós estamos solicitando um reajuste de 10% no salário, de 12% na tabela de cana e de 18% no piso de garantia. Além desta cláusula econômica, temos que dialogar sobre seis na área social para entrar em um acordo que beneficie ambas as partes”, declarou o secretário de Formação e Política Sindical da Federação dos Trabalhadores da Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag/AL), Antônio Torres.
 
As informações são de assessoria de imprensa.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink