Trading dá consultoria a produtor rural
CI
Agronegócio

Trading dá consultoria a produtor rural

Por:

O Banco Rural iniciou dia 9 de maio as operações do Rural Trading, novo negócio focado no financiamento e consultoria para projetos de exportação de pequenos e médios produtores rurais. A atividade visa agregar valor aos serviços prestados pelo banco e a fortalecer as marcas a serem exportadas. "No lugar de nossos clientes comercializarem mel em recipientes de 300 quilos, passaremos a negociar o produto em embalagens de 500 gramas com rótulo e marca, o que representa um ganho maior", disse José Roberto Salgado, diretor-superintendente do banco. Ele informou ainda que a nova trading já é responsável por um negócio de US$ 16 milhões envolvendo produtores de açúcar do Estado de São Paulo.

O Rural Trading nasce com um capital de R$ 5 milhões e deve gerar uma receita entre R$ 5 milhões e R$ 10 milhões no primeiro ano. A expectativa é que o volume exportado ultrapasse R$ 90 milhões. "Com a trading, iremos agregar valor ao produto exportado", afirmou. Toda a parte gerencial do novo nicho do Banco Rural será em São Paulo e conta com a estrutura das 103 agências do banco espalhadas pelo país. O diretor geral é Marcus Vinícius Pratini, filho do ex-ministro Pratini de Moraes.

Salgado disse que há grandes contratos em potencial na própria carteira de clientes do Banco Rural. "A ação da trading vai, inclusive, dar mais garantias aos financiamentos, pois iremos acompanhar todo o processo: do plantio à exportação", completa. O Rural Trading também dará consultoria a produtores financiados por outras instituições financeiras.

Marcus Vinícius Pratini disse que existem negócios em curso envolvendo produtores de soja, frango, pescado e mel, além de açúcar. Há, ainda, prospecção no segmento de floricultura, fruticultura e com produtores de cachaça. "Estamos em fase de orientação com esses produtores", disse. A atuação da trading já permitiu agregar valor ao mel que será exportado pelas cooperativas de Minas Gerais. Inicialmente, a comercialização era em recipientes de 300 quilos. A Rural Trading orientou os produtores a reduzirem para frascos de 500 gramas, com rótulo, o que aumentou o valor do produto.

A participação em feiras internacionais para a prospecção de negócios também está a cargo de Pratini. "O nosso grande objetivo é criar marcas para nossos produtos exportados. Essa tem sido a nossa principal preocupação".


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.