Transgênicos garantem 1/3 do crescimento da economia uruguaia em 12 anos

Agronegócio

Transgênicos garantem 1/3 do crescimento da economia uruguaia em 12 anos

Estudo da Consultoria Agropecuária Seragro
Por: -Leonardo Gottems
1177 acessos

A adoção de cultivos transgênicos de soja e milho, associados ao sistema de plantio direto, foram responsáveis por nada menos que um terço do crescimento da economia uruguaia no período 2003/04 a 2014/15. A informação consta em estudo elaborado pela Consultoria Agropecuária Seragro e apresentado na CMPP (Cámara Mercantil de Productos del País).

De acordo com o levantamento, a tecnologia representou um forte impacto na produção e no retorno financeiro direto para o setor. Além disso, de forma indireta houve ganhos com o cultivo de OGMs (Organismos Geneticamente Modificados) em função da geração indireta de atividades em outros segmentos, criando entre 20 mil a 40 mil empregos de qualidade e bem remunerados no período.

Durante estes 12 anos analisados, os cultivos transgênicos representaram um ganho de US$ 12,077 bilhões superior em relação às lavouras convencionais. De acordo com o engenheiro agrônomo da Seragro, Nicolás Lussich, a adoção dos OGMs responde por 1,7% do aumento do PIB (Produto Interno Bruto) entre 2004 e 2015 – período no qual a economia uruguaia cresceu 5%.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink