Tratamento começa oito meses antes do abate

Agronegócio

Tratamento começa oito meses antes do abate

Pfizer divulgou dois protocolos de aplicação da Bopriva
Por:
1732 acessos
A Pfizer divulgou dois protocolos de aplicação da Bopriva. No caso de bovinos criados em pastos, a primeira dose deve ser aplicada oito meses antes do abate. A segunda deve ser feita três meses depois da primeira. Só aí é que os hormônios deixam de ser produzidos por um período de cinco meses.


Já para os animais confinados, o tratamento deve começar quatro meses antes do abate, sendo que a segunda dose deve ser aplicada um mês depois da primeira. E o efeito do produto vai se estender por outros três meses.

Questionado sobre a expectativa de comercialização do produto, o diretor de Saúde Animal da Pfizer, Jorge Espanha, disse que entre 25% e 30% do rebanho brasileiro é castrado. ''Teoricamente é este o potencial da Bopriva.'' Ele informou que o Brasil é o segundo País a utilizar o produto produzido na Austrália. A Nova Zelândia já o adotou no ano passado. ''Estamos aguardando a liberação da Bopriva na Austrália e no México''.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink