Tratamento de sementes proporciona controle de pragas

Imagem: Eliza Maliszewski

RESULTADOS

Tratamento de sementes proporciona controle de pragas

Tratamento pode ser realizado de duas formas: nas propriedades rurais e também nas indústrias
Por: -Aline Merladete
2627 acessos

No dia a dia do campo, buscar ferramentas para o melhor desempenho das culturas é fundamental para garantir o sucesso das safras. Entre as práticas recomendadas por especialistas e que resultam em lucro sobre o produto final, o tratamento de sementes é uma das mais importantes. Isso porque a iniciativa, realizada por meio de agroquímicos, proporciona a prevenção de doenças e pragas em fases inicias, permitindo que a planta possa germinar e se desenvolver melhor nesse estágio, possibilitando resultados mais altos de produtividade.

“Quando realizamos a técnica de maneira correta e assertiva, proporcionamos uma melhor germinação, o que resultará em uma lavoura com stand apropriado, além de plantas mais vigorosas e sadias, enraizamento e uniformidade de estandes para variedade plantada. A prática protege a semente desde o primeiro contato com o solo até o início do crescimento da planta. O resultado disso é uma cultura com maior capacidade de expressar seu pleno potencial produtivo”, explica Marco Cunha, Gerente de Produtos Inseticidas e Fungicidas da Ourofino Agrociência.

De acordo com o especialista, para o tratamento adequado de sementes, é preciso atenção a alguns pontos. A recomendação é que o procedimento seja feito próximo ao plantio, aproximadamente 30 dias antes. Mas também há possibilidade de fazê-lo com 24 horas de antecedência. “Cada tratamento tem um tempo adequado para secar completamente. Além disso, o volume de calda do produto que será aplicado varia de acordo com cada cultura e precisa ser respeitado. Dessa forma, evita-se a redução do poder germinativo”, pontua Marco que diz que as região e condições climáticas também entram nessa lista de observações.

O tratamento pode ser realizado de duas formas: nas propriedades rurais e também nas indústrias, em unidades de beneficiamento de sementes. Para ambos os casos, a Ourofino Agrociência desenvolveu o inseticida Terra Forte®, um produto de contato e ingestão à base de fipronil, que tem amplo espectro de controle de pragas que atacam soja, milho, algodão, feijão e também pastagem. A solução é de formulação líquida composta por micropartículas que proporcionam maior uniformidade no recobrimento das sementes.

'Por ser um inseticida de fácil manuseio, o Terra Forte® também proporciona fácil limpeza dos equipamentos após o uso”, pontua Marco. A solução da Ourofino Agrociência age no controle das pragas como broca, lagartas, vaquinha, coró em estágio larval e cupins.

Além do controle amplo de pragas, o gerente de produtos da Ourofino também aponta como benefício do tratamento de sementes a proteção do potencial genético da variedade que o produtor escolheu plantar. Ainda, auxilia o estabelecimento de plantas Bt nas áreas de refúgio agrícolas, promove o estabelecimento do estande na lavoura e influencia positivamente na fisiologia da planta. “Vale à pena investir na prática. É um baixo custo de investimento diante de um resultado de alta produtividade no campo”, explica Marco.

O Terra Forte ® está disponível no mercado em embalagens de 1 e 5 litros, indicadas para a utilização em propriedades rurais, e de mil litros, ideal para procedimentos industriais. 

Com informações da assessoria da Ourofino Agrociência


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink