Trigo: Alta internacional não impulsiona preço interno

Agronegócio

Trigo: Alta internacional não impulsiona preço interno

Além disso, o período é de entressafra e as importações, no acumulado do ano, estão 12,5% menores que as do mesmo período de 2008
Por:
345 acessos

Por mais uma semana, os preços internos do trigo ficaram praticamente estáveis para o produtor (balcão) e nas negociações entre empresas (lotes), segundo pesquisas do Cepea. Nem mesmo as altas internacionais, ocorridas especialmente até o início de junho, sustentaram o trigo brasileiro. Além disso, o período é de entressafra e as importações, no acumulado do ano, estão 12,5% menores que as do mesmo período de 2008. A pressão vem da maior produção brasileira no ano passado combinada ao consumo relativamente fraco nos últimos meses, segundo colaboradores do Cepea.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink