Trigo: Argentina atrasa plantio e pode diminuir área por excesso de chuvas

Agronegócio

Trigo: Argentina atrasa plantio e pode diminuir área por excesso de chuvas

Aponta Bolsa de Cereais de Buenos Aires
Por: -Leonardo Gottems
1789 acessos

 

Devido a problemas com excesso de chuvas, a Argentina registro atraso de 11,2% no plantio de trigo, tendo semeado apenas 82,6% dos 4,4 milhões de hectares previstos para a safra 2016/17. As dificuldades podem fazer com que a área projetada para a cultura seja revista para baixo, alertam tanto o Ministério da Agricultura local quanto a Bolsa de Cereais de Buenos Aires.

“O estado dos caminhos para chegar às lavouras e a falta de piso presente em grande parte do Centro e Sul da área agrícola continuam atrasando os trabalhos de implantação de trigo, registrando um avanço semanal de apenas 3,3 pontos porcentuais”, aponta relatório da Bolsa divulgado pela Consultoria Trigo & Farinhas.

De acordo com o reporte, no Sul de Buenos Aires, onde se concentram a maior quantidade de lotes para serem implantados, o atraso anual superou os 30% durante a última semana. Apesar de a janela ideal para a incorporação de novos lotes se estender até agosto, caso os trabalhos não ganhem maior fluidez durante os próximos dias, não se descarta a possibilidade de registrar novas modificações sobre a intenção de plantio no Centro, Sudeste e Sudoeste de Buenos Aires.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink