Trigo: Demanda nacional permanece baixa

Agronegócio

Trigo: Demanda nacional permanece baixa

A provisão feita por moinhos especialmente no início do ano, somada às compras eventuais ao longo dos meses
Por:
374 acessos

A provisão feita por moinhos especialmente no início do ano, somada às compras eventuais ao longo dos meses, tem mantido baixa a demanda pelo trigo nacional. Segundo pesquisas do Cepea, boa parte das indústrias aguarda a colheita da nova safra brasileira para recompor seus estoques. Essa estratégia tem sido favorecida pela desvalorização do dólar frente ao Real, que facilita a importação - de pequenos lotes - principalmente do cereal do Uruguai e da farinha da Argentina. O resultado é a persistente falta de liquidez no mercado interno de trigo. Segundo dados da Secex, nos sete meses do ano, as importações brasileiras somaram 3,9 milhões de toneladas, volume 11% menor em relação ao mesmo período do ano passado. Há de se observar, porém, que a safra brasileira colhida no início de 2008 teve quebra significativa, o que requereu uma importação muito grande – em janeiro e fevereiro de 2008 as importações atingiram 2,4 milhões de toneladas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink